Você pode empreender e ser empregado ao mesmo tempo?

Muitos pensam que para ser um empreendedor é necessário capital e outros, que já têm algumas economias, não estão dispostos a arriscar-se para empreender. Como decidir?

Algumas pessoas vão passar a vida inteira em empresas, outras apostarão em seus próprios negócios e outras mais estarão trabalhando na economia informal.

Os empregados apostam que sempre haverá uma empresa que os queira até se aposentarem, os donos do próprio negócio apostam que seu negócio sobreviverá muito tempo e aqueles na informalidade apostam que os deixem em paz por muitos anos.

Todos enfrentam grandes desafios. Os trabalhadores não só têm que conseguir um bom trabalho, mas têm que se manter nele, acumular tempo de casa, conseguir promoção, lutar por seus bônus e aumentos de salários. Os empresários enfrentam corrupção, altos preços de insumos, despesas operacionais, direção do próprio pessoal e, em muitos casos, precisam ainda cuidar para que seus sócios ou os próprios funcionários não os roubem.

Muitas vezes, os trabalhadores sonham em ter seu próprio negócio. Para eles é atraente a possibilidade de não ter um chefe, de não ter horários, de não sofrer os favoritismos e as questões políticas que existem em qualquer organização, de não ter um teto em seus ganhos. Por outro lado, os donos dos próprios negócios às vezes sonham em ter uma renda fixa, garantida, não passar as noites sem dormir sem saber como pagarão seus funcionários, as despesas com fornecedores e como poderão aumentar as vendas.

Os maiores desafios para os funcionários são permanecer e crescer. Suas ferramentas são atitude e compromisso. O que os faz sobressair é alinhar-se com o chefe e alcançar seus objetivos / resultados.

Os maiores desafios de um dono do próprio negócio são incrementar sua carteira de clientes e manter o crescimento. As suas ferramentas são as vendas e o seu sistema. O que os faz sobressair é o produto e o serviço que oferecem.

Os trabalhadores e os empreendedores estão definitivamente em dois mundos diferentes. Cada um apostando em coisas diferentes, desenvolvendo ferramentas diferentes e enfrentando situações diversas. As pessoas se perguntam: O que é melhor? Alguns respondem: “Depende da sua capacidade, personalidade e preferência de vida”. Outros têm opiniões diversas.

Será possível combinar estes mundos? Muitos dirão que não, pois um negócio não é algo que pode ser feito em tempo parcial e um emprego exige um horário integral e fixo. Não é possível realizar as duas coisas ao mesmo tempo, certo? Por que, então existem casos onde conseguiram fazer isso? Na realidade, estas pessoas estão conseguindo ter sucesso neste exato momento. Essas pessoas têm algo bem definido: Uma das suas atividades é aquela que garante a sobrevivência, é de lá que obtêm renda e a outra é a que cultivam para o futuro.

Muitas pessoas dirigem seus próprios negócios nos horários de final de tarde ou fins de semana, mas de segunda a sexta feira trabalham em um emprego, desfrutando dos benefícios como seguro médico, seguro de vida, etc. Há também aqueles cuja principal fonte de renda é seu emprego e têm um negócio que eventualmente gera renda extra. Há também os casais que dividem suas fontes de renda: alguém trabalha em uma empresa e o parceiro ou parceira trabalha no próprio negócio.

Atualmente, não se trata apenas de empregados ou empresários, já existe esse novo mundo que é a combinação de ambos e exige diferentes habilidades, porém acima de tudo, são necessárias qualidades diferentes.

Entre as qualidades mais importantes está a paciência. Ao combinar suas atividades, ambas caminharão mais devagar. Pois, em relação ao próprio negócio que está começando não deve esperar que gere grandes lucros imediatamente. Qualquer lucro tem que voltar, você tem que reinvestir no negócio. Se gastar a renda parcial que recebe do próprio negócio, ela passará a fazer parte das suas despesas. Você deve reinvestir em seu negócio! E talvez sejam necessários alguns anos até que isso deixe de acontecer, porém deve ser paciente.

O mesmo acontece com o seu emprego, se sentir que não está crescendo tão rapidamente quanto seus colegas, não se desespere. Faça muito bem tudo que tiver que fazer hoje, faça-o com excelência, mantenha sua boa atitude diante dos desafios, cumpra sua palavra e tenha paciência.

Se decidir participar de um mundo combinado, pense que o que está fazendo hoje é semear uma semente que evidentemente não deverá desenterrar todo instante para ver se germinou. Se fizer isso, a planta nunca crescerá. Tenha paciência, persevere e confie!

Fonte: www.forbes.com.mx/se-puede-emprender-y-ser-empleado-a-la-vez/

O mesmo acontece com o seu emprego, se sentir que não está crescendo tão rapidamente quanto seus colegas, não se desespere

Deixe uma resposta